Diário Reflexivo (aula 2 – 16/08/12)
A aula de hoje teve como atividade inicial um exercício para reflexão onde nós alunos fomos convidados a nos lembrar como éramos avaliados quando alunos e pensar em como avaliamos nossos alunos hoje. Essa reflexão é importante por nos mostrar que muitas vezes reproduzimos as mesmas atitudes que no passado criticávamos como alunos. Maria Inês conduziu a discussão envolvendo diferentes professores e abrindo espaço também para qualquer professor que quisesse participar.
Logo em seguida começamos a discussão sobre os textos sugeridos para a aula 2. Esta semana consegui ler um pouco mais do que havíamos estipulado para cada um. Fiquei responsável pela leitura do texto sobre Transdisciplinaridade na L.A. escrito por Celani, no entanto, consegui ler também o segundo texto da Celani sobre Formação continuada de professores , o texto do Leffa, o do Rajagopalan e li parte do texto da Vera Menezes. Foi interessante perceber pontos em comum em todos os textos e acredito que o objetivo das leituras foi auxiliar nossa conscientização do momento em que vive a L.A. hoje e nosso papel neste contexto.
Cada um teve 20 minutos para compartilhar sua leitura ao mesmo tempo em que todos participaram da discussão. Esse gerenciamento do tempo, a meu ver, e importante para que possamos discutir todas as leituras em tempo hábil . Senti muito em ter que sair mais cedo, mas por meio das leituras pude começar a refletir sobre o papel da L.A. hoje.
Vera Menezes e Rajagopalan traçam um panorama histórico da Lingüística Aplicada e a mudança de seu papel na sociedade. Celani fala sobre a nova postura Transdisciplinar sendo delineada nos dias de hoje e os desafios que envolvem adotar essa postura. Descreve também um programa de formação continuada onde procuraram oferecer a professores em serviço a possibilidade de formação continuada tanto profissional quanto lingüística. Adorei o texto de Leffa , no qual o autor fala da especialidade da L.A. Segundo Leffa , nossa especialidade é a diversidade que é o estudo da língua como instrumento de uso para a comunicação entre as pessoas em diferentes contextos. Fala também do tipo de pesquisa desenvolvida na área da L. A. e sua contribuição para a sociedade buscando pesquisar o problema onde ele estiver.